Dia do Doador de Sangue: jogadores do Peixe entrarão com curativos vermelhos nos braços

Dia do Doador de Sangue: jogadores do Peixe entrarão com curativos vermelhos nos braços

O Santos FC enfrenta o Palmeiras, nesta quarta-feira (14), às 21h45, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro. E para chamar atenção sobre a importância da doação de sangue, os jogadores do Peixe entrarão com curativos vermelhos nos braços, uma ação promovida em parceria com a Fundação Pró-Sangue, maior banco distribuidor do Estado de São Paulo. Além disso, uma faixa estará em campo, no intervalo do jogo, com o tema da campanha “Eu Dou o Sangue: Quem Dá o Sangue Merece ser Reconhecido”.

A partir de agora, todos as pessoas que fizerem uma doação nos postos da Pró-Sangue receberão o curativo vermelho, que foi doado pela BETC/Havas. Ao longo desse projeto serão distribuídas pelo menos 50 mil “condecorações” aos doadores da Fundação. “Por meio da nova campanha, a Pró-Sangue espera dar grande visibilidade à doação voluntária de sangue. No Brasil, grande parte da população ainda não se sensibilizou à causa. Apenas 1,9% das pessoas doa sangue, sendo que o índice preconizado pela Organização Mundial da Saúde é de 3 a 5%. Sem dúvida, há uma longa jornada para que esse solidário gesto se torne um hábito na vida dos brasileiros. Essa é a nossa aposta no curativo vermelho”, afirma Susana Lambert, diretora da Fundação Pró-Sangue.

Educandário Anália Franco comemora 95 anos

O Educandário Anália Franco, que fica em Santos, está completando 95 anos de atendimento à crianças e adolescentes da Baixada Santista. E no intervalo do clássico na Vila, uma faixa estará no campo para informar a população sobre um Show Beneficente, com a Roda de Samba do Ouro Verde, na quinta-feira (29), às 20 horas, no Teatro Guarany, que fica na Praça dos Andradas, 100, no centro da cidade. O ingresso custa 25 reais e pode ser adquirido na sede da entidade, na Avenida Ana Costa, 277 ou no Bar do Torto, na Avenida Siqueira Campos, 800.

Toda a renda será revertida para o Educandário, que mantém diversas atividades durante todo o ano.