Deva Pascovicci e Paulo Roberto são homenageados pelo Santos FC

Deva Pascovicci e Paulo Roberto são homenageados pelo Santos FC

(fotos: Pedro Ernesto Guerra Azevedo / Santos FC)

O Santos Futebol Clube realizou duas homenagens à figuras ilustres na história do Alvinegro Praiano. Neste sábado (18), antes da partida diante da Ferroviária, pelo Campeonato Paulista, o narrador esportivo Devair Paschoalon, mais conhecido como Deva Pascovicci, assim como Paulo Roberto Gonçalves, técnico de som da Vila Belmiro durante anos, foram laureados com placas no quarto andar do estádio Urbano Caldeira. Parentes e amigos, de ambos, estiveram presentes na homenagem, que contou com as participações do presidente Modesto Roma Júnior e o vice César Augusto Conforti. As cabines de televisão da Vila Belmiro levarão o nome de Deva, enquanto a cabine de som será eternizada com o nome de Paulo Roberto.

Deva Pascovicci era torcedor fanático do Santos e faleceu no trágico acidente aéreo envolvendo o elenco da Chapecoense e outros membros da comissão técnica e imprensa, no dia 28 de novembro de 2016, na Colômbia. Deva trabalhou na Rádio CBN, no canal SporTV e Fox Sports. Rosana Bernardes de Oliveira, esposa de Deva, acompanhou a homenagem junto às filhas Carolina e Mariana.

Cabines de televisão da Vila Belmiro levam o nome de Deva Pascovicci

“Eu quero agradecer ao presidente Modesto Roma Júnior por esta linda homenagem. O Deva era um santista roxo, adorava o clube, a Vila Belmiro. A grande felicidade dele era vir transmitir os jogos aqui.Ele vestia a camisa do Santos em casa, era torcedor de verdade. Ele era um homem muito feliz, amava o que fazia. Eu não sabia que ele era tão amado.”, disse Rosana.

“Para todos nós é muito importante estar nesta homenagem, pois desde pequena eu escuto o meu pai falando sobre o Santos. Ele amava o time, não tenho dúvida que ele está, ou estaria, muito feliz com essa homenagem. Nós estamos felizes, ele amava tudo que fazia, assim como amava o Santos. Eu virei estudante de jornalismo porque ele me inspirou. Me levava no estádio, tudo isso eu devo ao meu pai.”, afirmou Carolina de Oliveira Paschoalon.

Paulo Roberto Gonçalves trabalhou por mais de 20 anos nas cabines de som da Vila Belmiro, além de ser locutor de rádio. Paulo faleceu em um acidente de trânsito em 2014. Alberto Franscisco, conhecido como Alemão, e sua esposa Vanessa, representaram a família do ex-funcionário do Santos Futebol Clube.