David Braz pede espírito de final por vitória no clássico e meta do elenco

David Braz pede espírito de final por vitória no clássico e meta do elenco

O elenco do Santos FC segue focado na luta pelo título do Campeonato Brasileiro. Após a vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-PR, no último sábado (23), o plantel do Peixe voltou aos treinamentos nesta terça-feira (26) e demonstrou muita empolgação para a reta final do Nacional. Depois de traçarem com o técnico Levir Culpi o objetivo de terminar a competição de forma invicta, os jogadores do Alvinegro Praiano querem fazer do clássico contra o Palmeiras uma grande final.

“É um famoso jogo de seis pontos. Será mais uma decisão que teremos no Brasileiro dentre estes últimos jogos que restam. Teremos que encarar todos como uma final. Esse, contra o Palmeiras, será o primeiro desafio que temos pela frente. Vamos trabalhar bastante nessa semana para conseguirmos fazer um grande jogo lá (Allianz Parque) e trazer o resultado”, disse o zagueiro David Braz.

No Santos FC desde 2012, David Braz soma 176 jogos com a camisa do Peixe. Contra o rival do próximo fim de semana, o defensor soma 14 partidas, sendo nove vitórias, um empate e quatro derrotas. Experiente e um dos líderes do elenco, o atleta de 30 anos sabe o que ele e seus companheiros terão pela frente ao encarar o rival.

“Eles vão ser empurrados pelos seus torcedores. Vão imprimir o ritmo deles, algo que é normal, assim como a gente imprime nosso ritmo na Vila Belmiro. Então teremos que segurar essa pressão nos primeiros minutos e manter a concentração o tempo todo. O Palmeiras é qualificado, é uma equipe de bons jogadores. Para que a gente consiga esse objetivo temos que não só segurar a pressão mas também estar bem concentrados na partida toda”, ressaltou o camisa 14.

Braz fala sobre atenção no setor defensivo mas também não esquece do ataque. Com 16 gols marcados, o defensor é o terceiro zagueiro que mais marcou gols pelo Peixe, atrás somente de Edu Dracena (17) e Alex (20). Confiante para o clássico, David quer ajudar seus companheiros de todas as formas para superarem o Palmeiras e, se possível, marcar seu segundo gol contra este tradicional rival.

“Vou trabalhar bastante para que isso aconteça. Não depende só de mim. Estou ali para defender e, quando tiver a oportunidade, em jogadas de bola parada, vou procurar estar bem posicionado para atacar bem a bola. Vamos trabalhar bem para poder ajudar a equipe”, comentou.

Na segunda posição do Brasileirão, com 44 pontos, o Santos FC encara o Palmeiras, quarto colocado com um ponto a menos, às 19 horas deste sábado (30). A partida será realizada no Allianz Parque, em São Paulo-SP.

Foto: Ivan Storti/SantosFC