Dani Neuhaus acredita em potencial ofensivo das Sereias como caminho para o título Paulista

Dani Neuhaus acredita em potencial ofensivo das Sereias como caminho para o título Paulista
Dani Neuhaus é a atleta com mais jogos pelas Sereias da Vila na temporada 2017. Até aqui foram 38 confrontos defendendo o Santos FC dos 43 realizados no ano. A goleira ficou fora em cinco oportunidades servindo a Seleção Brasileira. Dani sofreu apenas 18 gols no ano, o que a faz ser destaque da equipe comandada pelo técnico Caio Couto. Mesmo com toda a segurança apresentada em números, a camisa 1 do alvinegro aposta no potencial ofensivo como chave do sucesso para o título paulista.
“Nosso elenco está muito aplicado taticamente. Vimos isso no interior no último final de semana. A equipe entrou em campo com muita disposição e se adaptando a condições adversas. Percebo que em nossas atividades, esta semana, que as atacantes estão com uma vontade de liquidar o jogo rapidamente. Toda esta atmosfera de atuar em casa e diante de um público que temos a certeza que será enorme contagia todas nós. Eu aposto muito no potencial de nosso setor ofensivo. Claro, se precisar, eu e minhas colegas de profissão estamos muito bem preparadas pelo Izaque Rodrigues (preparador de goleiras) e prontas para ajudarmos o Peixe.”, revelou.
Dani foi convocada para a Seleção Brasileira que disputará um torneio na China neste mês de outubro contra as donas da casa, México e Coréia. Ela e a meia Maria representam as Sereias com a camisa amarela. “Muito feliz em poder dar continuidade ao meu trabalho na seleção, porém, não posso deixar de dizer que recebo as oportunidades porque o Santos FC me dá condições de mostrar meu futebol. Qualquer uma aqui é bem treinada por uma comissão técnica competente e tem futebol para representar as Sereias da Vila na CBF.”, disse.
Dani Neuhaus revela que recebe mensagens de apoio e incentivo pelas redes sociais todos os dias e que sonha em ver o público da final do Brasileiro novamente na Vila Belmiro. “ Isso para nós significa uma valorização muito grande. Um reconhecimento de nosso esforço em treinos e jogos. Em São José do Rio Preto recebemos o carinho dos torcedores e acreditamos que o calor dos santistas só aumenta a responsabilidade em defender este manto sagrado.”, finalizou.
MAURINE NO CAMPO
A meia Maurine ainda sente dores no tornozelo direito mas nesta quarta (04) trabalhou no campo 3 do Centro de Treinamentos Rei Pelé. A atleta e capitã das Sereias da Vila foi monitorada pela comissão técnica, mas ainda é dúvida para o fim de semana. A zagueira Carol Arruda, com desconforto muscular, apenas trabalhou fisicamente.
RETIRADA DOS INGRESSOS COMEÇA NESTE QUINTA-FEIRA (5)
(foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo / texto: Fabiano Farah)