Comissão técnica enaltece parte física e dedicação dos atletas do Peixe

Comissão técnica enaltece parte física e dedicação dos atletas do Peixe

Foto: Vinicios Oliveira/SantosFC

O elenco do Santos FC segue treinando intensamente para a temporada de 2017. Após realizar uma bateria de exames e testes na última semana, o plantel do Peixe já trabalha com bola no CT Rei Pelé alternando, em dois períodos, atividades físicas que servem de preparo para o longo ano que o Alvinegro Praiano tem pela frente.

Após atividade de campo reduzido e um circuito de exercícios, na manhã desta segunda-feira, a comissão técnica atendeu à imprensa em entrevista coletiva e explicou sobre a pré-temporada santista.

Coordenador do departamento de fisioterapia, o fisioterapeuta Avelino Buongermino iniciou à coletiva falando sobre as boas condições físicas dos jogadores. “Ficamos muito felizes em como os atletas voltaram e com os resultados das primeiras avaliações. Não percebemos deficit grande. Os novos jogadores não apresentaram grandes alterações. Os atletas fizeram o que pedimos nas férias”.

Fisiologista do time principal, Luis Fernando de Barros explicou como o plantel santista foi dividido nos primeiros dias de trabalho. “Dividimos o grupo em três subgrupos e os atletas foram enviados a São Paulo para avaliações clínicas. Os outros dois grupos ficaram entre fisioterapia e fisiologia. Desde o começo já estamos com treinamentos físicos e com a parte técnica. Já iniciaram com bola desde o primeiro dia. É nossa estratégia. Nossa avaliação mostrou bons quesitos na parte fisiológica, com resultados que esperávamos. Os atletas se cuidaram mais do que outros anos. Não tivemos nenhum jogador fora do padrão. Voltamos acima da média do ano passado na parte aeróbica. Nosso início será muito bom”.

Chefe do departamento médico do clube, o doutor Rodrigo Zogaib ressaltou a boa saúde dos jogadores neste início de pré-temporada. “A parte de saúde, cardiológica, está tudo normal. Os exames complementares, que são feitos anualmente, ainda não recebemos resultado de todos, mas os que já recebemos mostram que está tudo bem. Parte da comissão técnica, das quatro áreas que estão aqui, programou uma preparação para evitar lesões nessa volta, o que é comum em início de pré-temporada por conta da parada nas férias. Tomamos medidas para minimizar ao máximo. Teremos mudanças de intensidade a cada semana. Atletas se queixam um ou outro de dor, às vezes traumas, e vamos dosando junto com o Celso (preparador físico) e Avelino (fisioterapeuta) para evitar reincidência de lesões”.

Responsável pela aplicação da parte física dentro de campo, o preparador Celso Resende afirma que já é nítido ver que os jogadores estão bem fisicamente e que, assim como na última pré-temporada, o padrão de atividades está sendo seguido.

“Não mudamos muito do ano passado. Seguimos mais ou menos os mesmos padrões a partir dos resultados obtidos nas avaliações. Não é novidade que iniciamos desde o primeiro dia com trabalhos com bola. Físico e técnico. Os atletas se apresentaram em uma condição melhor que ano passado. Claro que isso me deixou muito contente. Temos notado uma dedicação muito grande nos treinamentos e os resultados já são possíveis de ver”, comentou.