Comissão técnica comemora fisioterapia do CEPRAF vazia em meio à maratona de jogos

Comissão técnica comemora fisioterapia do CEPRAF vazia em meio à maratona de jogos

Foto: Ivan Storti/SantosFC

O departamento médico do Santos FC tem uma boa notícia para elenco, comissão técnica e torcida do Peixe. Com muito trabalho e dedicação, o setor de fisioterapia do CEPRAF (Centro de Excelência em Prevenção e Recuperação de Atletas de Futebol) não tem nenhum jogador em tratamento atualmente. À frente do setor médico do Alvinegro Praiano, o Dr. Rodrigo Zogaib explica o atual momento do departamento.

“Realmente o departamento médico está praticamente vazio. Todos os atletas que estavam com alguma lesão no músculo esquelético, ou com alguma patologia, foram reabilitados. Até os pós-operatórios, de Gustavo Henrique e Luiz Felipe, já estão em transição. A última lesão muscular, que foi a de Caju, já está sanada e o lateral está trabalhando a parte física com o grupo. Agora só temos mesmo alguns jogadores com infecções das vias áreas e com problemas gástricos, coisas que ocorrem com qualquer pessoa”, comentou.

Ligados diretamente ao tratamento diário na recuperação dos atletas, os fisioterapeutas do Santos FC comemoram este feito durante a grande maratona de jogos que o Peixe tem enfrentado. “É uma satisfação tremenda, pois não é comum isso acontecer no meio da temporada, quando temos jogos de quarta e domingo”, disse Tom Pierin.

“Não temos nenhum atleta no departamento de fisioterapia. Isso é algo muito importante para nós. Todos os jogadores que passaram por aqui nos últimos dias já foram liberados para a fase de transição junto à preparação física. Estamos felizes com este resultado”, disse o fisioterapeuta Avelino Buongermino.

“Estamos satisfeitos também com os trabalhos de prevenção de lesões, que envolvem todo o departamento de futebol, junto com os setores médicos e físicos. Tudo tem fluído bem e a tendência é melhorar ainda mais”, disse Diego Guietti, também fisioterapeuta.