Com Santos B e Base em alta, elenco do Peixe ganha cinco novidades na Copa do Brasil

Com Santos B e Base em alta, elenco do Peixe ganha cinco novidades na Copa do Brasil

(foto: Ivan Storti / Santos FC)

A comissão técnica do Santos FC levou para o Macapá, local da estreia do Peixe na Copa do Brasil, diante do Santos-AP, cinco jogadores que ganham as primeiras oportunidades no time profissional. São quatro do Santos B ( Cassius, Gregore, Wesley e Nolasco) e um do Sub-20 (Igor).

Isso, mais uma vez, comprova a importância do time B do Alvinegro Praiano e o excelente trabalho das Categorias de Base do Clube. Os jovens atletas estão ansiosos para estrearem em uma competição tão importante, mas já mostram personalidade. “Chegou o momento. A ficha não caiu até agora, mas se pintar a oportunidade, vou entrar e fazer de tudo para corresponder”, diz o atacante Nolasco.

O meio-campista Gregore fala do trabalho realizado diariamente no Clube, com o objetivo de mostrar ao técnico Dorival Júnior que todos querem uma chance no elenco de cima. “Nós trabalhamos para isso, para o Dorival Júnior e toda comissão técnica ver o nosso futebol. A oportunidade veio, e em um campeonato muito importante como a Copa do Brasil. Vamos entrar em campo para buscar a vitória, e, se der, evitar o jogo de volta”.

Tradicionalmente famoso por valorizar os Meninos da Vila, e, também, os reforços recém-chegados ao Clube, o zagueiro Cassius fala da experiência de chegar ao time profissional. “O Santos FC é conhecido por criar vários atletas e dar oportunidade no time profissional. São quatro jogadores do Santos B tendo oportunidades em um jogo muito importante. Vamos fazer um bom papel para outros garotos terem a mesma oportunidade, e, nós, firmarmos no time”.

O Sub-20 do Peixe, como já é de costume, também teve jogador do seu elenco chamado para atuar no time comandado por Dorival Júnior. O lateral-direito Igor (na foto) está há seis anos no Clube e acaba de realizar um sonho.

“É uma conquista muito grande. Estou feliz e empolgado. Estou seis anos no clube e sempre tive como objetivo chegar ao profissional. Se eu estou aqui, não é à toa. Preciso mostrar dentro de campo. Fui muito bem recebido por todos.”, finaliza o lateral.

O Santos encara o seu “xará” do Amapá nesta quinta-feira (21), às 21h30 (Horário de Brasília), no estádio do Zerão, em Macapá.