Com elenco unido, Santos FC recebe Corinthians na primeira partida das oitavas do Paulista Sub-20

Com elenco unido, Santos FC recebe Corinthians na primeira partida das oitavas do Paulista Sub-20

Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC

O Santos FC entra em campo neste sábado para um importante e tradicional duelo no Campeonato Paulista Sub-20. No Estádio Ulrico Mursa, às 15 horas, o Peixe recebe o Corinthians pela partida de ida das oitavas de final do Estadual. Vindo de nove vitórias seguidas, incluindo a Copa do Brasil Sub-20, o Alvinegro Praiano quer seguir embalado para levar uma vantagem no embate de volta.

Ambas as equipes protagonizaram a final do Paulista Sub-20 de 2015. No primeiro duelo, o Peixe foi surpreendido em seus domínios por 4 a 0. No embate de volta, o time santista venceu por 3 a 2 e ficou com o vice-campeonato. Presente naquela partida e confiante pelo atual momento da equipe, o zagueiro Bruno Leonardo ressalta atenção e união para superar o rival.

“Estamos vencendo há nove partidas seguidas. Isso é difícil para qualquer equipe. Criamos um corpo como grupo, e estamos unidos, jogando juntos. Precisamos manter isso. Temos que continuar com os pés no chão, com união, humildade e atenção. Só assim conseguiremos sobressair”, disse o defensor.

Artilheiro do Santos FC com 17 gols na competição, e ex-atleta corintiano, o atacante Léo Souza não vê a hora da bola rolar neste sábado. Concentrado no desafio, o Menino da Vila também afirma que a união da equipe pode ser um trunfo para a vitória.

“A nossa expectativa é muito boa. Claro que precisamos tomar cuidado com eles (Corinthians), que têm um contra-ataque bem rápido. Mas estamos confiantes. Para mim, a gana de vencer um ex-clube é bem grande, mas o mais importante é a vitória do grupo. Jogaremos unidos para conquistar o resultado positivo nessa primeira partida”.

Na primeira fase, o time treinado pelo técnico Marcos Soares se classificou na terceira posição do Grupo 04, com 40 pontos. Em 20 partidas, o Peixe soma 12 vitórias, quatro empates e quatro derrotas, com 50 gols marcados e 23 sofridos.