Com a presença de centenas de torcedores, Santos Day é sucesso em São José dos Campos

Com a presença de centenas de torcedores, Santos Day é sucesso em São José dos Campos

O sábado (19) foi inesquecível para o torcedor santista do Vale do Paraíba, em São Paulo. O município de São José dos Campos foi o escolhido para a primeira edição do Santos Day, o Peixe na sua cidade, que agitou o estacionamento do Colinas Shopping. Centenas de torcedores compareceram no evento, que contou com as presenças dos ídolos Juary e João Paulo, das Sereias da Vila Thaís Picardi e Gaby, além das Alvinegras da Vila e dos mascotes mais amados do Brasil: o Baleinha e Baleião. O ônibus utilizado pelos atletas da equipe profissional também estava no local. Veja aqui as fotos.

Os torcedores puderam comprar produtos oficiais do Clube e se tornarem Sócio Rei. Uma parceria com a Truckvan levou duas carretas com toda a estrutura para atender aos apaixonados pelo Santos FC. “Superou qualquer expectativa. Mais de duas mil pessoas passaram por aqui e uma coisa muito legal foi o grande número de crianças. Essa primeira edição foi um sucesso e não tem porque não levar para outras regiões do Estado e do país. O objetivo é levar primeiro para os locais onde existem Embaixadas, porque contamos com um ótimo suporte”, afirmou Eduardo Rezende, Gerente de Marketing do Santos FC.

“Foi uma grande oportunidade de aproximar o Clube do torcedor. Tem tudo para dar certo em todo o Brasil. A procura no shopping para saber sobre a ação foi muito grande e supreendeu a todos. Muitos santistas querendo participar para ver os ídolos, as Sereias, comprar os produtos oficiais e se tornarem sócios”, disse Luiz Antônio Ruas Capella, membro do Comitê de Gestão do Santos FC.

A Embaixada Provisória do Peixe em São José dos Campos também foi parceira do Santos Day. ” Estamos com um grande trabalho há três anos para torná-la oficial e acreditamos que com esse evento vamos conseguir. A divulgação foi ótima por isso atraiu tanta gente. A região do Vale do Paraíba tem muitos torcedores santistas e precisava de ações como essa”, declarou Felipe Almeida, diretor da Embaixada Provisória.