Bruno Henrique comemora “gol na hora certa” contra o Atlético/PR

Bruno Henrique comemora “gol na hora certa” contra o Atlético/PR

(Fotos: Ivan Storti) 

A vantagem da vitória por 3 a 2 contra o Atlético-PR no jogo de ida das oitavas de final do Conmebol Libertadores Bridgestone não tornou as coisas fáceis para o Santos FC no duelo de volta da competição. Na última quinta-feira (10), a equipe visitante criou boas oportunidades de gols e pressionou o Peixe, que se comportou bem defensivamente, se manteve com uma das defesas menos vazadas da Libertadores e definiu a classificação no segundo tempo.

“Fizemos o que precisávamos fazer. Muitos jogos de Libertadores são sofridos e com a gente não foi diferente. Sofremos mas suportamos bem defensivamente e fizemos o gol que planejamos para sairmos com a classificação”, destacou o atacante Bruno Henrique, autor do gol da vitória, aos 32 minutos da etapa complementar.

Após a classificação, elenco santista volta as atenções para o Campeonato Brasileiro

No placar agregado, a equipe comandada pelo técnico Levir Culpi superou o clube paranaense por 4 a 2. Além da eficiência defensiva elogiada por muitos, o camisa 27 do Peixe valorizou a efetividade do ataque santista, que foi cirúrgico e aproveitou uma das chances do jogo para definir o marcador.

“Na oportunidade que apareceu, pude ser feliz e fazer o gol. Foi importante porque já estávamos sofrendo uma certa pressão do Atlético-PR que precisava do resultado. Mas o gol saiu na hora certa, pudemos fazer um ótima triangulação e definir a nossa vitória”, completou.

Foi o segundo gol de Bruno Henrique na Conmebol Libertadores Bridgestone. Além disso, o atacante santista tem uma assistência anotada na principal competição das Américas. Em números gerais na temporada, Bruno é o artilheiro do Peixe, com 13 gols e 7 assistências.