Braz tira lição do Paulista de 2017 para Santos FC avançar: “Derrota na ida fez a diferença”

Braz tira lição do Paulista de 2017 para Santos FC avançar: “Derrota na ida fez a diferença”

As quartas de final do Campeonato Paulista trazem um misto de emoções para David Braz, afinal, o zagueiro foi o grande personagem da eliminação do Santos FC para a Ponte Preta, em abril de 2017, no Pacaembu. Com a bola rolando, ele marcou um golaço de voleio, decretando a vitória santista por 1 a 0. Porém, como o Peixe perdeu pelo mesmo placar no Moisés Lucarelli, o confronto foi decidido nos pênaltis. Nas cobranças, o camisa 14 foi único jogador que não acertou o alvo e a Macaca acabou avançando.

Para o capitão, o principal erro do alvinegro no ano passado foi não ter feito uma partida segura no confronto de ida, ao contrário do que aconteceu contra o Botafogo-SP no último domingo, em Ribeirão Preto, onde ficou no empate em 0 a 0.

“Eu falei para o pessoal antes do jogo que a experiência de 2017 nos trouxe uma lição. Na minha opinião nós fomos desclassificados porque fizemos um jogo ruim em Campinas e sofremos muita pressão da Ponte. Saímos derrotados por 1 a 0 e tivemos dificuldades na partida de volta. Até jogamos bem melhor que eles no Pacaembu e merecíamos a vaga, mas a derrota na ida fez a diferença para eles e acabamos caindo nos pênaltis”, afirmou.

“Já no último domingo nós não saímos derrotados de Ribeirão. Até tivemos algumas chances e não fizemos, mas o mais importante é que não levamos gols e poderemos decidir a vaga em casa, sem ter desvantagem”, ressaltou Braz.

E na opinião do zagueiro, a Vila Belmiro pode ser uma aliada fundamental na busca para chegar às semifinais do Paulistão. O duelo de volta contra o Botafogo-SP acontece nesta quarta-feira, às 19h30. Os ingressos seguem à venda.

“Os adversários sabem da força que o nosso time tem na Vila Belmiro. Quando a torcida inflama e joga junto, é muito difícil vencerem a gente aqui dentro. Contamos com o apoio dos santistas para conquistar essa vaga”, concluiu o camisa 14.

(Foto: Ivan Storti/ Santos FC)