Balanço do terceiro trimestre registra superávit acumulado de R$ 79,7 milhões

Balanço do terceiro trimestre registra superávit acumulado de R$ 79,7 milhões

O Santos FC encerrou o terceiro trimestre de 2017 com um superávit acumulado no ano – antes do resultado financeiro (EBITDA) – de R$ 79,7 milhões. Os números constam das demonstrações contábeis referentes ao período compreendido pelos meses de julho a setembro, encaminhadas ao Conselho Fiscal, na última segunda-feira (30), em cumprimento ao prazo estatutário definido para envio das contas. Considerando o resultado financeiro contábil, o superávit acumulado até 30 de setembro alcançou R$ 27,2 milhões.

Os números positivos refletem a política financeira realista adotada pela atual Diretoria visando a recuperação econômica do clube. Todos os limites estatutários foram atendidos. Somente em setembro, o superávit atingiu R$ 60,5 milhões, resultado obtido a partir do incremento de receitas de solidariedade e dos acordos realizados com credores, que também irão impactar positivamente nos resultados financeiros a serem consolidados para o ano de 2017.

Dívidas reduzidas

Os bons resultados alcançados têm permitido ao Santos FC reduzir substancialmente o montante de seu endividamento global, especialmente no que diz respeito às dívidas bancárias, processos judiciais e contingências herdadas, o que permitirá ao clube ampliar, em um futuro próximo, ainda mais sua capacidade de investimento em áreas prioritárias, especialmente direcionados à formação de atletas da base e manutenção de equipes profissionais competitivas.

Durante a atual gestão, o clube desembolsou R$ 123,9 milhões para o pagamento de acordos, contingências e ações judiciais contraídas por administrações anteriores.

O cenário favorável permite também estabelecer a previsão de que os empréstimos bancários atuais sejam totalmente quitados até o fim do ano, proporcionando uma expressiva redução das despesas financeiras.

Os índices favoráveis apresentados no terceiro trimestre confirmam as previsões orçamentárias estabelecidas para este ano, que estarão consolidados no balanço anual.